O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

São José do Rio Preto,26 de janeiro de 2020.
 
      Notícias
Página Anterior Imprima este Artigo
19/05/2017 - 09:57
BB: Contraf-CUT solicita negociação de dias parados
 
Bancários querem mesa para negociar paralisações dos dias 15 e 31 de março e greve geral 28 de abril

A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), e a Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB) encaminhou na última quinta-feira (4) um ofício ao banco solicitando o agendamento de uma mesa de negociação específica para tratar das paralisações dos dias 15 e 31 de março e da Greve Geral de 28 de abril, realizadas em conjunto por diversas categorias profissionais em defesa dos direitos dos trabalhadores.

“Já havíamos solicitado a negociação das faltas por ocasião das paralisações contra a aprovação pela Câmara dos Deputados da contratação irrestrita de trabalhadores terceirizados. Agora, queremos negociar também o dia parado por conta da Greve Geral”, disse o coordenador da CEBB, Wagner Nascimento, lembrando que houve grande adesão da categoria, em todo o país, tanto às paralisações quanto à Greve Geral.

Os bancários, juntamente com trabalhadores de outras categorias, estão protestando contra o PL 6787/2016 (reforma trabalhista), a PEC 287/2016 (reforma da Previdência) e diversos outros projetos que tramitam no Congresso Nacional que podem retirar diretos da classe trabalhadora.

FONTE: Contraf-Cut

 
.: Sindicato dos Bancários de São José do Rio Preto e Região :.
2010 - Direitos Reservados - Desenvolvido por Solução R2